Compra da White Wolf pela Paradox e Chronicles of Darkness

Compra da White Wolf pela Paradox e Chronicles of Darkness

(Partes desse texto foram publicadas originalmente para a nossa parceira RedeRPG aqui, aqui e aqui.)

Olá vampiros, destituídos, despertos, perdidos e tantos outros! Eu sou Dante Alighieri e venho hoje explicar para vocês algo que deve ter deixado alguns bastante confusos, que é a compra da White Wolf pela Paradox Interactive e a mudança de nome do New World of Darkness para Chronicles of Darkness.

***

Primeiro, um pouco de história…

Em 2006, a White Wolf e a islandesa CCP, conhecida por seu MMO de sucesso, Eve Online, fundiram-se e tentaram, na época, criar um MMO tendo como base Vampiro: o Réquiem. Porém, em 2011 a coisa não ia bem para o lado da CCP que acabou demitindo muita gente e cancelando o jogo online. Nesse momento, Rich Thomas, diretor criativo da White Wolf, fundou a Onyx Path, uma editora à parte que então obteve a licença de publicação dos RPGs de mesa da White Wolf. Para maiores informações sobre isso, confiram no link aqui.

No dia 29 de Outubro de 2015, a comunidade RPGística foi surpreendida com a notícia de que a White Wolf fora comprada pela Paradox Interactive. A notícia foi veiculada originalmente no próprio site da Paradox. Isso preocupou muita gente sobre o que aconteceria com nosso querido NWoD Chronicles of Darkness, se ele seria abandonado, encerrado ou até mesmo sair das mãos da Onyx Path.

***

Sobre o Presente

Em uma entrevista dada por telefone à Escapist Magazine, Tobias Sjögren, novo CEO da White Wolf disse que a nossa querida WW “será uma subsidiária independente” da Paradox. Tobias deu a seguinte declaração:

Nós montamos uma companhia irmã da Paradox porque, claro, nós vamos encontrar bastante sinergia e coisas que podemos fazer juntos com a Paradox. É bem íntimo fazer produtos desse jeito. Mas a White Wolf é tão maior e a Paradox certamente não é a única distribuidora que pode publicar jogos baseados nessas PIs (Propriedades Intelectuais) nem a distribuidora certa para todos os tipos de jogos que podemos fazer.

Junto com Sjögren temos o Lead Storyteller (Diretor Criativo, só que com um nome maneiro) Martin Ericsson que já participou do time criativo do antigo projeto de MMO da CCP. Além de ter sido o modelo para a ilustração do clã Tzimisce do V20, é um grande fã tanto do OWoD quanto do NWoD. No Facebook ele fez o seguinte comentário:

Minha coleção pessoal de WoD inclui uma quantidade ENORME de material do NWoD junto do meu querido OWoD e Promethean é um dos meus jogos favoritos de todos os tempos.

***

Futuro e Chronicles of Darkness

Nesta segunda-feira, a Onyx Path Publishing anunciou em seu blog oficial que o que antes era conhecido como New World of Darkness (Novo Mundo das Trevas) foi renomeado para Chronicles of Darkness.

CofD Logo

Logo do Chronicles of Darkness

E o Antigo MdT?

O que antes era conhecido como Classic World of Darkness (O “Antigo Mundo das Trevas / MdT Clássico) será apenas World of Darkness (Mundo das Trevas). Essa mudança nos permite finalmente entender uma frase que preocupava a muitos: “One World of Darkness” (Um Mundo das Trevas) que estava escrita no site novo da White Wolf. Agora, existe apenas um MdT, já que a outra linha passou a se chamar Chronicles of Darkness.

***

Pra que isso?

Quem acompanha o Novo MdT já percebeu que desde que a Onyx Path assumiu a publicação e iniciou as Segundas Edições, os jogos estavam se distanciando cada vez mais de conceitos do Antigo MdT. De mudanças sutis nas regras (coisas como a Sanctity of Merits e o uso de Condições) à incorporação de elementos próprios a cada cenário (Strix, Idigans e o God-Machine), não é mais tão óbvia a influência da Máscara no Réquiem 2e, por exemplo.

Nas palavras de Rich Thomas, diretor da Onyx Path:

Por fim, essa mudança é uma progressão lógica em tirar essas linhas iradas do Chronicles of Darkness do peso que é a conexão com suas contrapartes do Mundo das Trevas Clássico.

Por que, vamos ser sinceros aqui, essa coisa de MdT Clássico / Novo MdT sempre foi algo estranho quando você tentava explicar porque tinham dois deles mas o segundo MdT não era outra edição, e sim uma re-imaginação completamente diferente. Explicar que é um outro MdT que permite histórias igualmente iradas mas tem regras, temas, e um tom geral diferentes. Nadinha confuso isso.

***

Só isso?

Nem de longe!

Durante o Tenebrae Noctis (evento realizado neste sábado dia 12/12 via financiamento coletivo de Mundo das Trevas) em um castelo em Kerpen, na Alemanha, muitos planos foram anunciados, e pretendemos cobrí-los em artigos futuros.

Fiquem ligados para as cenas dos próximos capítulos!

Ansiosos?

Até a próxima e não se esqueçam de curtir nossa página no Facebook!

– Dante

3 Comments

  1. Pingback: DarkCast #01 – Retrospectiva 2015 e Futuro das Linhas « NWoD Brasil

  2. Pingback: Novidades da White Wolf para o MdT e o CofD « NWoD Brasil

  3. Pingback: Precisamos falar sobre a [nova] White Wolf

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>
*
*