Cobertura CofD Day 2017

(English version: here)

Como de costume, no último Sábado do mês de Outubro em 2017 aconteceu a terceira edição do já tradicional CofD Day, isto é, o dia nacional de jogar os RPGs da linha Chronicles of Darkness com a aprovação e apoio da Onyx Path Publishing, a editora responsável pela publicação desses jogos. Contando com a participação de 15 cidades ao longo do país inteiro e mais de 100 participantes entre narradores, jogadores e até alguns que foram apenas para espectar.

Todavia, nem tudo são flores. O ano passado foi marcado por diversas dificuldades: narradores que passaram mal no dia e outros que tiveram que viajar, mesas que foram marcadas e nenhum dos participantes apareceu e até algumas cidades que simplesmente não nos responderam mais após o evento. Some-se a isso o fato de que nem todos os parceiros regionais conseguiram entregar os formulários de participação/pesquisa de satisfação e temos aí um problema digno de um Pesadelo Primordial.

Nós do Cronistas das Trevas pedimos desculpas em nome dos nossos parceiros regionais pelo ocorrido caso alguém tenha sido prejudicado por isso.

Agora, sem mais delongas, vamos às fotos:

***

Belém/PA

Na capital do Pará tivemos 1 mesa de Changeling: os Perdidos contando com 5 Jogadores e 1 Narrador e mais 6 pessoas espectando o jogo. Mais uma vez agradecemos muito ao nosso parceiro Rodrigo Ragabash por ter realizado o evento em Belém.

Campina Grande/PB

Uma surpresa esse ano foi a mesa de Mortais utilizando o suplemento da primeira edição “Dogs of War” que apareceu em Campina Grande. Falando em cães… Campina Grande também teve uma mesa de Lobisomem: os Destituídos 1e. No total a cidade prestigiou o evento com 5 jogadores e 2 narradores.

Curitiba/PR

<Não foram tiradas fotos em Curitiba devido a problemas técnicos>

Curitiba iniciou sua primeira participação no CofD Day com uma mesa de Lobisomem: o Apocalipse e uma de Vampiro: a Máscara graças ao Matheus Sebben e ao Roberto Veloso.

Fortaleza/CE

Fortaleza, uma cidade parceira do CofD Day pelo terceiro ano consecutivo trouxe 2 mesas de Mortais com o CofD Básico e um total de 6 jogadores e 2 Narradores. Novamente, o CofD cresce em Fortaleza graças ao apoio incansável do nosso amigo Dmitri Gadelha.

Macapá/AP

No Macapá, cidade presente pelo terceiro ano no roteiro do CofD Day as mesas jogadas foram de Vampiro: o Réquiem 1e e de Mortais.

Maricá/RJ

<Não foram tiradas fotos em Curitiba devido a problemas técnicos>

O estado do Rio de Janeiro ganhou em 2017 a segunda cidade participante do CofD Day. Sob o comando do Guilherme Korn, a cidade litorânea trouxe uma mesa de Vampiro: o Réquiem com 3 jogadores e o narrador Guilherme. Eis uma promessa para o ano de 2018!

Manaus/AM

Em Manaus nosso amigo Xavier Raphael conduziu um excelente CofD Day, contando com duas mesas nos surpreenderam. A primeira, uma surpresa menor mas muito grata foi Promethean: the Created, uma linha ainda pouco conhecida aqui em terras tupiniquins. A segunda surpresa ficou por conta de uma mesa de Scion: Hero, ouvindo os pedidos dos fãs dos outros jogos da Onyx Path. Por último, tivemos uma mesa de Lobisomem: os Destituídos 1e. Ao todo tivemos 11 jogadores e 3 narradores na cidade.

Natal/RN

Em Natal “variedade” foi a palavra de ordem desse CofD Day. As fadas deram as caras com Changeling: os Perdidos 1e e se juntaram aos Uratha de Lobisomem: os Destituídos 2e e aos Despertos de Mago: o Despertar 2e contando com 14 participantes do evento no total. Os Cronistas agradecem o carinho e dedicação do Raphael Lima, parceiro desde o primeiro CofD Day.

Piracicaba/SP

Pelo segundo ano consecutivo, Piracicaba dá as caras trazendo mesas de Mortais e de Vampiro: o Réquiem, organizadas pelo nosso amigo Túlio Gomes. No total, 7 pessoas entre jogadores e narradores desfrutaram um pouco das trevas no dia 28.

Recife/PE

Recife, como de costume, não desaponta e bota pra jogo duas mesas. Uma de Vampiro: o Réquiem e outra de Lobisomem: os Destituídos. Mas calma, os vampiros não precisaram se livrar das garras e presas dos Uratha, nosso parceiro Phablo Vinícius garantiu que tudo transcorresse em paz e os 8 participantes pudessem jogar em paz.

Rio de Janeiro/RJ

Na Cidade Maravilhosa, lar dos editores do Cronistas das Trevas, Dante e S3rv3r1n0, contou com 6 (!) mesas de jogos. De manhã e de tarde tivemos mesas de Pugmire onde todos foram bons cães e defenderam a memória dos humanos. Além dos defensores de Pugmire, tivemos uma one-shot de Mago: o Despertar 1e, uma aventura aterrorizante de Beast: the Primordial, vampiros em Nova Orleans em Vampiro: o Réquiem 2e e, por último, humanos em um futuro tenebroso no espaço em um shard de Mirrors para Mortais. O Rio ainda contou com uma exposição não-comercial de obras pessoais do artista Benji, com obras inspiradas no universo do CofD para o deleite dos 22 jogadores e narradores presentes no dia.

No Rio de Janeiro, os parceiros da Biblioteca Arcana e do Saia da Masmorra deram ao apoio logístico aos Cronistas para que esse evento pudesse ser realizado.

São José/SC

Santa Catarina continua no mapa do CofD Day e leva 11 jogadores para experimentarem uma tarde na pele de Mortais e como é a não-vida do Réquiem (1e). Tudo isso graças ao nosso amigo Antônio Botticelli, uma grata aliança desde o segundo CofD Day.

São Paulo/SP

Na capital de uma das maiores e mais populosas cidades do mundo, o cronista Thiago Miani e a nossa parceira Domy Perreti da Dungeon Geek conduziram o CofD Day e garantiram uma mesa de Changeling: os Perdidos 1e e de Mortais, contando com 16 jogadores/narradores, além de muitas outras mesas do (Antigo) Mundo das Trevas.

Serra/ES

Na terra do nosso amigo “O Velhinho do RPG” em sua costumeira Dungeon Capixaba, Mortais e os Uratha de Lobisomem: os Destituídos 1e deram as caras e levaram um pouco de horror e adrenalina aos corações dos participantes. Como de costume, muito obrigado, André “Velhinho” Cruz.

***

Agradecimentos e alguns pensamentos finais

2017 não foi um ano fácil para ninguém. Mesmo assim conseguimos mostrar que o Chronicles e o RPG continuam firmes e fortes nos quatro cantos do nosso país. Buscamos aprender com os contratempos e enganos cometidos, afinal de contas, só se ganha XP na adversidade, não é? Assim, deixamos aqui nosso agradecimento mais do que sincero aos nossos parceiros regionais, alguns deles já até se tornaram amigos pessoais da equipe dos Cronistas das Trevas: Anderson; Daniel; Dmitri; Edson e Philipe; Guilherme; Mateus e Roberto; Phablo; Raphael; Ragabash; Túlio e, por último, mas nem de longe menos importante, Xavier.

É imprescindível deixarmos aqui tambpem nosso agradecimento à Onyx Path e seu diretor criativo Richard Thomas, que constantemente nos apoiam e nos permitem a realização desse evento (com direito até a brindes!).

A todos vocês, nosso mais sincero: MUITO OBRIGADO!

E até o CofD Day 2018!

– Equipe Cronistas das Trevas Br

One comment

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *