Como eu deixei de me preocupar e fui devorado

Esse é o guia para criação de personagens Beasts. Pra seguir esse guia você irá precisar do livro Beast: The Primordial. Eu também vou partir do princípio que você já se familiarizou com a criação de personagens humanos, se você não sabe do que eu estou falando, dá uma olhada no “Obscuro Personagem” pare 1 e parte 2. Recomendo também uma olhada na resenha sobre o jogo.

Conceito de Personagem (Página 77)

Todo personagem começa humano. Em algum momento ele foi devorado por um Horror, um pesadelo nativo do Primordial Dream.

Diferente de outros seres sobrenaturais, o Beast costuma entender que ele tem uma função no mundo, um lugar, que ele é necessário enquanto monstro para a sociedade humana e a realidade. Geralmente, Beasts não estão lutando contra partes de si mesmo nem possuem interesse num estado de iluminação maior que os permitiria transcender seus problemas.

Atributos

Eu já expliquei como o grosso dos Atributos (Attributes) funcionam nos artigos anteriores. Aqui vão algumas dicas de como os Beasts podem usá-los para se tornarem verdadeiramente lendários.

Raciocínio e Perseverança (Wits e Resolve) são particularmente úteis numa porrada de ações para efeitos passivos dos Beasts. Se for escolher entre os dois eu considero Raciocínio mais importante. Sendo que Raciocínio vai te favorecer para entender as criaturas que traumatizam (Family Resemblance) os humanos, compreender esses traumas (Chamber) e usar esses terrores como meio de locomoção (Primordial Pathways) – páginas 88, 94 e 97 respectivamente -. Perseverança oferece uma abordagem mais violenta, auxiliando não só nessa locomoção entre reinos ligados ao Primordial Dream como também permitindo forçar portais pra outros reinos esotéricos criados por outros modelos sobrenaturais. Páginas 97 e 91

Presença (Presence) permite usar pesadelos de humanos pra voltar ao covil da sua alma/Horror no Primordial Dream (Lair). Página 91.

Vigor (Stamina) pode ser usado pra melhorar as capacidades de seres sobrenaturais que cooperem com o personagem mas não são Beasts. Página 89.

Inteligência (Intelligence) é pra caso você quiser interpretar um Beast particularmente babaca quebrando Chambers dos Lair dos outros.

Um último adendo: no Primordial Dream e imediações (sonhos e Bright Dream), ninguém usa a ficha normal. Pois neles o personagem é tão rápido quanto você é capaz de imaginar, tão forte quanto a personagem é capaz de se impor. Para Beasts isso é uma enorme vantagem, logo, eu recomendo que o personagem tenha um atributo de Poder, um de Refinamento e um de Resistência com valores altos. Um em cada linha é o suficiente. Isso permitirá uma presença particularmente opressiva no Primordial Dream.

Habilidades

As mesmas recomendações para mortais são válidas para Beasts. Adiciono que Ocultismo é uma Habilidade (Skill) particularmente útil.

Especializações

São o de sempre, não muda nada. Cada Habilidade apresentada no livro tem exemplos de Especializações (Specialties) mas você pode criar novas Especializações.

Modelo Beast

Family (Página 26)

A sua Family determina um Atavism inicial e também oferece um Birthright ao personagem, um poder inato. Não tem mistério aqui, pega o que te empolgar mais e te parecer combinar com a personagem.

Hunger (Página 36)

A Hunger determina e molda o tipo de trauma que melhor alimenta o seu Horror. Devido ao fato dos Beasts se verem como parte integral da humanidade, eles costumam racionalizar como o trauma pode ser parte da sociedade humana. A conclusão a que a maioria dos Beasts mais estáveis chegam é a ideia de ensinar uma lição através do medo (Página 63). Recomendo você passar um tempo matutando que tipo de lição você gostaria que o teu personagem ensinasse.

Legend e Life (Páginas 85-86)

Essa dupla dinâmica faz a função de Vício e Virtude. A Legend assume questões relacionadas à alimentação e ao Horror da personagem. A Life gira ao redor do lado humano, muitas vezes se apresentando quando o Beast se recusa a traumatizar as pessoas ao redor.

Kinship (Página 87)

Beasts também se identificam com outros seres sobrenaturais, eles veem similaridades entre a fome deles e a sede de Vitae dos vampiros, a ferocidade deles e a selvageria de lobisomens, o entendimento que a aceitação do horror lhes proporciona e a busca por conhecimento dos magos. Logo, é interessante você afirmar com qual ser sobrenatural o teu personagem mais se identifica. Quem ele vê como família.

Conforme o jogo evolui, o personagem pode assumir novas Kinships toda vez que ele tiver uma interação amigável com um ser sobrenatural. Elas se acumulam.

Horror (Páginas 50-53)

O Horror é diretamente relacionado à Family do Beast. Outras características do Beast têm que ser tematicamente relacionadas à forma e ao comportamento do Horror. Aqui vale tudo. Um monstro mitológico ou um pesadelo moderno, tanto faz. Todos podem ser Beasts. O importante é ser capaz de criar uma identidade pro medo em si, o medo deixar de ser um conceito e passar a ser um indivíduo. Como o medo do que a humanidade repudia, como cobras e deformações físicas, se tornam um Horror Medusa. Curiosidade do dia: o Horror não tem sexo ou gênero, essas são características que o Beast confere a ele.

Conforme você adiciona capacidades ao seu arsenal, o Horror muda, integrando essa capacidade a ele. Isso é particularmente verdade para: Atavism, Lair Traits, Kinship e Lair.

Nightmares (Página 132)

Aqui começam os super-poderes que você escolhe pra seu personagem nesse modelo sobrenatural. São duas listagens de Nightmares, a primeira são genéricos, qualquer Beast pode pegar, a segunda é relacionada à Kinship do Beast. Na criação do personagem o Beast tem direito a dois Nightmares, você só pode pegar um pesadelo de Kinship.

Uma coisa importante é que Nightmares são mais poderosos quando a Satiety do Beast está elevada.

Atavism (Página 93)

Essas são capacidades relacionadas ao Horror em si. Beasts cujo Horror possui garras, geralmente que escolhem Limb from Limb, um Atavism que favorece esquartejamentos.

Cada Atavism é relacionado à uma Family

Na criação de personagem você escolhe dois Atavism para o seu Beast. Um deles tem que ser um Atavism da sua Family e o outro é de escolha livre. Eu recomendo que a sua escolha de Atavism livre não seja um relacionado à sua Family, pois os Atavism de Family são mais baratos de se comprar em jogo.

Lair

Esse termo se refere a dois elementos distintos e vinculados no jogo. O primeiro é a potência sobrenatural do jogo. O segundo é o covil do seu Horror no Primordial Dream. O covil do Horror fica maior e mais perigoso conforme a potência sobrenatural do Beast aumenta, acrescentando mais Lair Traits. As capacidades do seu Horror também se tornam mais impactantes quanto maior é o Lair do Beast.

Você pode gastar cinco pontos de Vantagem para aumentar o Lair do Beast na criação de personagem.

Aqui você também escolhe dois Lair Traits, perigos ambientais presentes nas câmaras do Lair do Horror. O Beast pode invocar tais Lair Traits em cenas que possuam similaridades com seu Lair. Beasts também são imunes a esses perigos ambientais de origem mundana e resistentes a eles caso tenham origem sobrenatural.

Com Lair, um personagem pode ter até três Chambers como moradia do Horror no Primordial Dream. Na criação do personagem o Beast já possui uma Chamber base, Heart, e mais uma que ele escolhe.

Heart é onde ele se tornou um Beast, ela é um local fictício e fantástico sem conexão direta com o mundo real, imagine aqui um vulcão, as profundezas de um oceano, cavernas geladas, etc.

A Chamber que você escolhe é o reflexo no Primordial Dream do lugar qualquer que tenha testemunhado um trauma de origem sobrenatural. Essa Chamber pode ser em qualquer reino sobrenatural ou no mundo material. Você pode escolher ainda não ter anexado essa Chamber ao seu Lair e começar o jogo com 2 ponto de experiência a mais.

Como a maioria das Chamber são reflexos de locais, é mais fácil acessar esses reflexos a partir dos locais que originaram tais reflexos ou de locais similares.

Vantagens (Página 111)

Beast tem dez (10) pontos para distribuir em Vantagens. As Vantagens exclusivas de Beast tem alguns detalhes especiais: o primeiro é que nenhuma delas tem como pré-requisito uma determinada Family, Hunger, Atavism ou Nightmare. Todas elas são acessíveis para qualquer Beast que cubra os pré-requisitos mundanos e a rara exigência de um nível específico de Lair.

O segundo é que Beasts tem acesso a duas novas categorias de Vantagens: as Advanced e as Epic. São expansões das Vantagens mundanas que se apoiam nas característica monstruosas dos Beasts. Essas coisas são extremamente poderosas, eu recomendo você comprar uma ou duas Vantagens Advanced ou Epic.

Benefícios

Quase tudo aqui é igual a um humano. Exceto a Integrity.

Satiety (Página 80)

Satiety substitui o Benefício Integrity e é a bateria sobrenatural dos Beasts. Na criação de personagem tem um teste para determinar o seu nível de Satiety. Satiety se trata mais de quanto o Horror está com fome/ativo ou satisfeito/letárgico.

Fim

Qual é o próximo guia de criação de personagem que você gostaria de ver no nosso blog?

One comment

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *