Um lanche rápido

Eis um exemplo de criação de personagem em Beast. No caso eu vou usar de base a personagem humana criado no “Obscuro Personagem” parte 1 e parte 2. Logo, aqui eu só vou cobrir a parte do modelo sobrenatural.

Conceito de Personagem

Aqui eu estou escolhendo fazer um “What if…”/”E se fosse assim…” da personagem. Uso algumas das histórias retratadas na série como background pra Jessica e depois me distancio do material original.

Atributos

Com os valores elevados de Raciocínio, Perseverança, Vigor, ela será particularmente competente ao lidar com outros seres sobrenaturais, ao aprimorar as capacidades sobrenaturais de outros monstros e ao utilizar os Primordial Pathways.

Habilidades

Mantenho as prioridades para Habilidades, porém eu pingo um ponto em Ocultismo. Ela já tem alguns meses como Beast, ela aprendeu uma coisa ou outra sobre a família.

Especializações

Mantenho tudo, não mudo nada.

Modelo Beast

Family

Eu admito que eu fiquei na dúvida sobre pegar Ugallu, pesadelo da exposição, ou Namtaru, pesadelo da repulsa. O primeiro por ter capacidades particularmente úteis para investigadores e o segundo devido ao preconceito que a Jéssica encontra em determinados episódios.

Mas, sinceramente, a Jéssica é uma Anakim, pesadelo do desespero, também conhecidos como Gigantes. Desespero é a sombra que acompanha ela durante toda a série, os clientes dela são pessoas desesperadas, dá até pra argumentar que o alcoolismo dela é fruto de desespero. Um Beast é alguém que aceitou o pesadelo que a perseguiu durante toda a sua vida.

Hunger

Aqui não tem que pensar muito. Escolho Nemesis – a punição dos que cometem erros/crimes -. O livro discute a lição e como os Anakim veem a Hunger Nemesis na página 42. Como eu quero tornar única a expressão da Hunger na Jéssica eu também olho a página 63 e escolho: “ensinar cuidado com si mesmo e com os outros”. A Jéssica demonstra a criminosos, que ninguém é invulnerável.

Legend e Life

Jéssica persegue até o fim do mundo os casos que ela aceita, Relentless como Legend cai como uma luva pra ela. Ela também topa se meter em alguns buracos sem receber nada por isso, logo vou de Selfless pra Life.

Kinship

Jéssica se vê como alguém sozinha, o máximo que dá pra usar como familiar é a irmã adotiva dela e mesmo assim eu não estou afim. Eu vou manter ela sem Kinship. Se eu quisesse fazer a personagem um pouco mais sociável eu poderia usar a relação dela com os outros Defensores como Kinship. O modelo sobrenatural Deviant reflete bem os conceitos abordados nos Defensores, logo seria Kinship Deviant.

Sim, eu sei que Deviant ainda não foi lançado pela Onyx Path. Fique atento a futuros spoilers no nosso blog.

Horror

Gigante invejosa, Invidia/Adrestia, ela sempre vê o mundo como alguém de fora. Devido a esse isolamento autoimposto ela fica particularmente contrariada quando alguém tem a cara de pau de fazer merda e continuar dentro da sociedade, sem punição alguma.

Nightmares

Eu escolho You Will Never Rest e Run Away como Nightmares. Eles compõe muito bem com o aspecto dela perseguir os casos até o fim. O Everything You Do Is Worthless também é uma opção boa, mas eu deixo ele pra mais tarde.

Atavism

Com Cyclopean Strength dá pra simular quase todos os feitos de força apresentados na série. Com Relentless Hunter eu reforço o tema de perseguição incansável. Mimir’s Wisdow, Needs Must e Eye of the Sky também me parecem boas opções.

Lair

Vou de Lair 1 e pego o escritório dela como Chamber pro Lair, porém eu estou usando de modelo pro escritório um espaço bem menor do que o retratado na série. Pra Lair Traits eu escolho Cramped, simulando espaços apertados, e Maze, pois me parece que será divertidíssimo perseguir alguém perdido num labirinto.

Vantagens

Removo Closed book (••)Takes One to Know One () por considerar que são Vantagens que fazem mais sentido com uma vida mundana. Pego Indomitable (••) para substituir o conceito do Closed Book e também escolhi: Danger Sense (••) e Danger Sense Advanced (••), me permitindo ter uma atitude mais pé na porta com a Jéssica, pois ela sempre estará pronta. Sympathetic (••) e Professional Training () eu mantenho.

Benefícios

Quase tudo aqui é igual a um humano exceto Integrity.

Satiety

Jéssica não confia de verdade em praticamente ninguém, costuma caçar quase toda noite, porém sempre sozinha, receosamente ela quase sempre recorre ao seu Horror, porém ainda se segura não se entregando ao seu lado monstruoso completamente. Seguindo o questionário para determinar o nível de Satiety inicial tenho como resultado Satiety 4. Esse é um nível mediano.

Isso é horrível pra ela. Nesse nível Beasts assumem a Sated Condition, pois ela não tem controle pleno nem de seus Nightmares e nem de seus Atavism. Pior, um Herói que ela encontre pode escolher impor uma fraqueza/maldição sobre ela, enquanto ela estiver com Sated Condition. Parece que as primeiras cenas da Jéssica serão cenas perigosas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *