Spoilers! Mago: o Despertar 2e – Paradoxo

Em todo ato de Vontade Superna exercida pelo mago, há o risco de que a corrupção do Abismo consiga se infiltrar na realidade, contaminando o Imago da magia. Na Primeira Edição, o abismo escolhia apenas as magias mais manifestas e abertamente contrárias às falsas leis do Mundo Decaído. Os magos categorizavam as magias entre “Veladas” e “Vulgares”, separando aquelas que convidavam a corrupção e as que passavam despercebido. Não mais.

Continue reading »